Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de 2014

2014 - Retrospectiva

Mesmo sendo um ano difícil, há sempre momentos bons a recordar.


Que 2015 seja melhor! Bom ano.

Dia 8 - Sunset

Não faz justiça ao pôr-do-sol do Porto, mas também está bem.  #decemberreflections

Dia 7 - Best Book of 2014

Os nossos claro. Temos muito orgulho nos projectos que foram evoluindo, com os resultados obtidos. E mesmo que por vezes estejam mais parados, eles voltam, tal como uma Fénix.
#decemberreflections

Dia 6 - T is for ...

Esta não foi fácil... não me lembrava de nada... e estava com duvidas se fazia sentido usar uma palavra em ingles ou em protugues, mas depois lá me lembrei de uma das minhas bebidas diárias - Tea. Faz todo o sentido apra mim.
#decemberreflections

Dia 5 - Leaves

Folhas... e mesmo ao sair de casa vejo estas cores brilhantes e coloridas e fico contente por viver neste jardim plantado a beira mar. 6 de Dezembro e está um sol radioso.
#decemberreflections

Dia 4 - Red

Quando li o tema do dia 4 lembrei-me de imediato de tinta. Afinal nos ultimos meses tenho-me divertido imenso com o art journaling e as novas aventuras no mundo das artes. Então fui procurar um dos meus trabalhos "Vermelhos".

##decemberreflections

Dia 3 - The Best day of 2014

Esta foi difícil. O ano foi bastante mau, cheio de momentos tristes, mas devemos sempre pensar no que aconteceu de bom. Neste caso, foi um ano importante na nossa vida. Sim foi terrível devido as perdas que tivemos, mas também foi bom. Houve 2 momentos que se destacaram, quando fui promovida e quando assinei o contrato de compromisso de compra e venda da nossa casa.
Por isso cá fica um dia importante de 2014:

Dia 2 - Lights

Não foi a ideia mais original do mundo, verdade, mas em Dezembro quando me falam de luzes só me lembro de luzes de natal! Então, como cá por casa ainda não temos árvore de natal, escolhi outra pela qual passo todos os dias.

#decemberreflections

Dia 1 - Drinks

Para este primeiro dia de Dezembro o tema era #drinks. Lá por casa, Dezembro é sinonimo de chocolate quente! Toda a gente adora. Ou mais espesso ou mais liquido, nada melhor para animar um dia frio. #decemberreflections

Dezembro - mês de desafio?

Porque não... sim, é um mês em que temos mil coisas que já queremos fazer, como decorar a casa, experimentar comida deliciosa que só fazemos nesta altura ou comprar as prendas todas, mas eu cá gostei da ideia quando o vi no Analog's Box.
E quando a V. disse que alinhava comigo.... ehehehe ficou combinado.


Este ano nõa consegui cumprir grande parte dos objectivos que tinha planeado no inicio do ano, mas não faz mal... vou cumprir este pequeno desafio. Basicamente tirar uma foto por dia com o tema sugerido pela Susannah Conway e usar a hashtag #DecemberReflections.


Triste

Hoje estou triste. Aquela tristeza que nem sei explicar... Estou triste ao ponto de estar aqui no meu lugar com vontade de chorar. Triste ao ponto de querer desmarcar a reunião que marquei com a minha equipa porque não vou estar concentrada, mas que infelizmente não dá para desmarcar. Triste sem vontade de conviver. Sem vontade de ouvir ninguém.

E lá fora chove.
Bem, esperemos que o dia passe depressa.

Descanso antes do fim-de-semana

E ontem foi dia de descanso.

Por vezes sinto a pilha a descarregar e nessas alturas, a melhor solução é a de ir dormir 10 horas seguidas. E dormi que nem uma pedra. Não me sinto ainda a 100%, há muita coisa a acontecer e quando é assim, preciso de tempo para amadurecer as ideias, assimilar as novidades.

Mas, mesmo não estando ainda top, vem aí um fim-de-semana com animação.
Hoje particípio no encontro da Copin e no sábado temos FleaMarket. Já tinha saudades de andar a passear no Flea e o facto de ser no Silo Auto é excelente. São os melhores!


Durante o fim-de-semana, vou também aproveitar para começar as decorações de natal. Quero bolas de natal novas. Branco craquele. Com decoupage. Parece piroso, mas vi umas na Copin que ficaram giras. Vamos ver como saem.

Costuras

Ontem foi dia de aprendizagem e experiências. Queria fazer um Inspiration Journal como os da Donna Downey e os que ela usa nas suas Inspiration Wednesday e sobre as quais ela tem vários vídeos bem giros.
[foto do site da Donna Downey]
Para tal tive de me aventurar nas costuras. Tenho jeito para os trabalhos manuais, sei fazer ponto de cruz e usar agulhas, achei que não podia ser assim tão mais complicado usar uma máquina de costura.
Oh Deus no que me fui meter. Bem, não é impossível e eu ao fim da noite tinha conseguido, mas aquilo tem váaaaarios truques.
Lá ao inicio da noite montei a maquina e o portátil:

Encontrei os links e os vídeos que respondiam as minhas questões, arranjei fita, ilhós e botões e o resultado foi:

Basicamente já sei costurar! muito básico claro! E esqueço-me de pormenores.... e a linha arrebenta, ou o ponto fica solto. Mas assim em geral... já consigo fazer almofadas!



Voltar aos desenhos

Uma folha branca e um lápis novo podem ser intimidadores! E sem estar a fazer paralelismo. Para alguém que gosta de desenhar, quer melhorar, treinar... A primeira fase da folha branca, do lápis novo, tudo tão bonito e direitinho, pode ser intimidador. É como se não pudéssemos estragar o papel... olhando para o papel perfeito, passando a mão naquela textura fantástica, sentimos que temos a obrigação de fazer algo perfeito. E que qualquer coisa que lá vamos "desenhar" vai sair cheio de defeitos. Naturalmente que a maioria saíra com defeito...

A primeira estratégia é a de não usar papel caro/bom. É fazer os desenhos na primeira folha que se encontre e pronto. Eu cá gosto de fazer desenhos em qualquer lado. Mas quando decidi comprar material de desenho e tentar mesmo, não consegui avançar com a ideia de fazer os trabalhos em folhas soltas. Mesmo sendo maus, sou uma menina de cadernos. Adoro cadernos!

Daí a descoberta do Art Journal. Um "diário" de trabalhos e desenhos,…

NaNoWrimo 2014 - Porto

Para quem quiser saber como vai ser o meu NanoWrimo este ano: 

Calendário da autoria da Ana Cláudia.

Luminous Photography - Exposição

Fiquei muito contente quando a Ana Luísa partilhou a noticia de uma exposição fotográfica. Uma talentosa fotógrafa com trabalhos especiais e únicos. Gosto muito do toque único que a Ana dá as suas fotografias. Desejo toda a sorte para esta primeira de muitas exposições. 

«Andei a guardar esta novidade até não poder mais, mas agora que já está tudo impresso e a ser montado, acho que a posso partilhar: vou ter a minha primeira exposição a solo! Fui convidada pelo Festival Outono Fotográfico para ter o meu trabalho exposto, e obviamente escolhi as Alphabet Tales! Podem visitar o meu trabalho na Galeria PhotoArt, em Ourense (Espanha), entre 14 de Novembro e 12 de Dezembro! E já que estamos aqui, visitem também o site do festival e vejam as outras exposições que o festival oferece! Há trabalhos maravilhosos, que valem a visita e a viagem. É um orgulho estar neste grupo!»

Novidades

Tenho novidades! Mas encontro-me naquela fase em que tenho receio de contar e tornar tudo "publico" porque há aquela pequena probabilidade de algo correr mal. Por outro lado, este é o local perfeito para começar a fazer planos, a partilhar ideias, fotos. A mostrar o antes e o depois... essas coisas que eu adoro.
Por isso, tenho novidades... mas ainda não estão solidificadas... em breve.

Recomeçar

Recomeçar a planear... basicamente é disso que se trata. Quando por vezes passamos por momentos difíceis paramos de sentir, ou de pensar, as vezes ate paramos de chorar. Ficamos adormecidos e deixamos-nos embalar pelos dias.

Este ano tem tipo diversos momentos desses. Momentos mesmo maus, mesmo difíceis. Nesses períodos deixo de planear.
Não penso nas milhentas coisas que usualmente quero fazer numa semana. Não planeio posts, vídeos, ou fotos, não pinto, não escrevo. Fico adormecida.

Faz no dia 26 um mês que adormeci novamente. Quando finalmente as coisas se endireitavam, voltou a acontecer algo de muito mau.

Bem, um mês passado, ainda não esta tudo ok, como é óbvio. Ainda há muita coisa em falta, mas sinto-me mais leve. Sinto-me mais forte e com vontade de voltar a pegar na caneta e no papel.

Acho que é bom sinal.

Vou recomeçar a planear...




Postal para o R.

Cá por casa ando a experimentar técnicas novas para fazer postais. Encontra-se coisas lindas pelo youtube e muito simples, o único problema na maioria dos casos é o material, que por cá há pouco e usualmente é caro.

Desta vez fiz um postal para o R. que deverá chegar em Outubro se for um bom menino e não se antecipar. Eu cá gostei.


#100HappyDays (5)

Ainda na onda de recuperar os posts dos 100HappyDays, cá ficam mais alguns.
Day 28 - Experimentar mascaras... mais difícil do que parece. 
Day 29 - Outro tipo de mascara.
Day 30 - LOL
Day 31 - Medalhas!
Day 32 - Boa companhia no sofá.
Day 33 - Colar coisas na parede do quarto do filho mais velho.
Day 34 - Mais arrumações.

#100HappyDays (4)

Recuperando o tempo perdido, cá ficam algumas das fotos do #100HappyDays.

E o que é que me faz feliz?

 Day 21 - Uma prenda especial do marido.
Day 22 -  Um jantar em casa dos pais.
Day 23 - Receber uma das peças mais esperadas da colecção. Day 24 - Material para art journaling. Day 25 - Trabalhar em projectos com o filho mais novo... neste caso um caleidoscópio.
Day 26 - Um livro. Day 27 - Experimentar coisas novas

Cartões há muitos...

Como já devem ter reparado pelos últimos posts, ando toda entusiasmada com novas técnicas e artes tais como os art journals, mix media, papercraft, etc. etc. É relaxante, muito mais flexível, podemos usar todo o tipo de materiais que temos em casa, e há montes de vídeos no youtube a mostrar técnicas, a partilhar ideias. Por isso, eu estou na onda.

Como tenho comprado material para estas minhas actividades, e acreditem, gasta-se mais dinheiro do que se imagina, decidi não comprar mais postais na vida. Pronto, nos próximos anos.
Então o próximo que postal que ia precisar é para um casamento, e saiu-me algo assim:



Vou trocar o envelope do exterior, o vermelho, por uma cor mais suave, mais parecido com papiro. Usei esse porque era a única folha de 28 cm x 28 cm que tinha e tinha de experimentar as medidas do envelope, por isso, cá esta. Um postal, dois envelopes e um clip alusivo a casamentos e acho que ficou fofo.

Talvez ainda adicione as iniciais dos noivos, ainda não decidi...

#Lomo - La Sardina 35 mm

Aqui fica o primeiro rolo revelado da La Sardina. Fiquei fã da maquina. Muito simples de usar e com imagens brutais, não acertamos sempre com o longe e o perto, mas da próxima já sabemos.








#Lomo - Fisheye

Revelamos um rolo que se encontrava numa fisheye e como ainda não tinha postado aqui fotos dessa maquina cá ficam algumas.

S. Bento - Porto
Porto
Porto
Vila do Conde - dupla exposição
Alvor 
Esta máquina precisa de um ambiente com muita luz, caso contrário fica com muito grão e com pouca qualidade.

Adoptar ou não adoptar?

Eu sou fácil de levar às lágrimas, muito mesmo. Qualquer filme, livro ou música bonita consegue pôr-me a lacrimejar. Mas este vídeo, dedicado aos animais abandonados e maltratados, homenageando aqueles que ajudam estes animais sem receber nada em troca, levou-me mesmo às lágrimas. Custa-me perceber como há seres humanos tão maus, mas isso já é outro assunto.



Depois de ver este vídeo, queria deixar aqui a minha experiência sobre adoptar animais, pode ser que incentive alguém.
Tenho cinco gatos, todos eles adoptados de associações que recolhem  animais da rua, ou mesmo da rua. Seria incapaz de comprar um animal (de raça ou não), seria como querer "escolher" um filho loiro, de olhos azuis, só porque é mais "bonito".
Tenho também muito orgulho em dizer que salvei cinco gatos da rua. São uns lindos e fazem parte desta família. E para quem esteja a pensar em adoptar um animal já com histórico, só posso dizer, que não tenho más experiências, cada animal é diferente, com …